fbpx

DOSSIÊ SOBRE O E-COMMERCE: DEFINIÇÕES, DADOS E ESTRATÉGIA

Saiba tudo sobre e-commerce e como aplica-lo da melhor maneira em sua empresa.

Empreendedores experientes que mergulham no mundo do comércio eletrônico têm muito a aprender sobre este setor. Neste artigo, vamos ficar por dentro de todas as noções básicas de e-commerce que todo varejista precisa saber, mas antes de fazermos isso, vamos responder a esta pergunta fundamental:

  • O QUE É E-COMMERCE: E-commerce, ou comércio eletrônico, refere-se às transações realizadas pela internet. Sempre que indivíduos e empresas compram ou vendem produtos e serviços on-line, eles estão se engajando no comércio eletrônico. O termo comércio eletrônico também abrange outras atividades, incluindo leilões digitais, serviços bancários pela Internet, gateways de pagamento e emissão de bilhetes on-line.

O PRIMEIRO E-COMMERCE: A primeira transação de e-commerce foi feita em 1994. Um cara chamado Phil Brandenberger usou seu Mastercard para comprar os Dez Summoners ‘Tales de Sting pela Internet por 12.50 dólares. Essa transação sinalizou para o mundo que a “internet está aberta” para transações de e-commerce. Por quê? Pois foi a primeira vez que a tecnologia de criptografia foi usada para permitir uma compra on-line.

DADOS SOBRE E-COMMERCE: Segundo um levantamento realizado por uma instituição britânica – a 99firms – o e-commerce vem se desenvolvendo cada vez mais ao redor do mundo, e estima-se que foram gastos 4.13 trilhões de dólares em compras on-line, apenas no ano de 2020. A seguir, você confere algumas estatísticas e previsões em relação ao e-commerce para os próximos anos:  

  • Espera-se que até 2040, 95% de todas as compras sejam via e-commerce.

 

  • O mercado de e-commerce de crescimento mais rápido do mundo é a China, com um valor estimado de comércio eletrônico de US $ 672 bilhões em 2017.

 

  • Os Estados Unidos têm as maiores taxas de penetração do comércio eletrônico, com cerca de 80% de todos os usuários da Internet fazendo pelo menos uma compra.

 

  • A principal razão pela qual as pessoas fazem compras online é que podem comprar sempre que quiserem, 24 horas por dia, 7 dias por semana.

 

  • Cerca de 43% do tráfego de comércio eletrônico vem da pesquisa do Google (orgânico).

 

  • Sites de carregamento lento apresentam abandono de 75%.

 

ESTRATÉGIAS PARA ARRASAR NO E-COMMERCE:

  • Utilize as plataformas corretas: Parece um conselho básico, mas você ficaria surpreso com a frequência com que os esforços de e-commerce dão errado simplesmente pela escolha das soluções erradas.

 

  • Aperfeiçoe seu design e experiência do usuário: O que você faz quando acaba em um site desleixado e lento? Você foge clicando no botão Voltar o mais rápido que puder. Espere que os visitantes do seu site façam o mesmo se você não investiu tempo na criação de um produto funcional e apresentável.

 

  • Preste atenção aos dados: Se você não está aproveitando a análise para aprender mais sobre sua base de consumidores, você está fazendo isso errado.

 

  • Visar o consumidor diretamente: Um efeito colateral de ter todos esses dados interessantes é saber qual segmento de sua base de consumidores responderá a quais estratégias de marketing. Não opte por uma abordagem de propaganda “espingarda” de tamanho único. Personalize seus anúncios para ter o efeito máximo.

 

Agora que você já sabe tudo sobre e-commerce, que tal colocar algumas técnicas em prática para melhorar o seu faturamento? Para saber como, entre em contato conosco. Estamos prontos para lhe ajudar, sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Call Now Button