As 8 maiores tendências de marketing digital utilizadas em 2019

Aragoni Comunicação > Blog – Marketing Digital > Marketing Digital > As 8 maiores tendências de marketing digital utilizadas em 2019

2019 está quase chegando na reta final, mas podemos dizer que este foi um ano onde pudemos aprender muita coisa no campo digital, principalmente a forma como conversamos com nosso público consumidor.

O Marketing Digital está em constante processo de evolução, e podemos dizer com toda certeza que àqueles que não se aprofundam ou que não se utilizam de suas ferramentas, serão deixados para trás a partir de agora.

Mas afinal, o que podemos levar de bom das estratégias digitais utilizadas ao longo desse período, que devemos aplicar no próximo ano? Se está curioso para saber, continue a leitura e descubra a seguir!

1 – Participação dos usuários e gestão de marca com conteúdo original

O consumidor está, e estará, no topo de todas as ações de marketing digital implementadas neste último ano, o que também inclui a gestão de marca das empresas. O branding, por exemplo, é uma fatia do marketing que tem como objetivo construir uma reputação positiva da marca com a opinião pública.

O comportamento do público se mostra cada vez mais desconfiado, e é justamente por isso que as pessoas buscam empresas autênticas para se relacionarem. Os benefícios de se tornar uma marca que é vista positivamente pelo público são muitos, mas o melhor deles, é sem dúvidas o aumento das vendas.

O grande objetivo a ser discutido aqui é: como trabalhar a sua marca, na esfera digital, de maneira autêntica? A resposta é simples: Conteúdo criado por seus usuários. Segundo pesquisas, os consumidores têm 3 vezes mais chances de considerar um conteúdo autêntico se for feito por uma pessoa do que por uma marca.

2 – Buscas por voz, em seu site ou blog, de forma otimizada

Diariamente, o Google recebe cerca de 3.5 bilhões de pesquisas, 33% destas buscas são realizadas por comando de voz, principalmente por assistentes pessoais como Bixby e Alexa. De acordo com a perspectiva do cenário, há uma previsão de aumento para 50% em 2020.

E caso seu site não esteja otimizado para pesquisas por voz, provavelmente estará perdendo um grande número de usuários.

Este tipo de recurso, se popularizou nos últimos anos, com o avanço da tecnologia e ganhou o coração do público, pois além de mais simples, também é mais prático de ser utilizado. É só apertar um botão, realizar um comando falado e receber os resultados em tempo real.

As buscas por voz oferecem apenas alguns resultados ao usuário, por isso é mais difícil figurar seu site neste tipo de busca específica, mas por outro lado, sua taxa de conversão é muito maior. Por isso, é fundamental realizar esforços para otimizar seu site afim de alcançar estas pessoas e alimentar sua estratégia de marketing digital.

3 – Micro-momentos precisam de estratégias consolidadas.

Os micro-momentos são ocasiões muito específicas, dentro da jornada de compra do consumidor, nas quais o mesmo busca por informações na internet.

De acordo com o Google, existem 4 micro-momentos:

  • eu quero saber;
  • eu quero ir;
  • eu quero fazer;
  • eu quero comprar

Cada indivíduo passa em média por 150 micro-momentos durante o dia. O que se espera para o próximo ano é que os micro-momentos sejam potencializados, especialmente em decisões de compras relativamente simples (como “onde encontrar uma jaqueta de couro ecológico” ou “o que comprar de presente para o meu amigo secreto”).

Com o crescimento no mercado de Smartphones e dispositivos móveis em 2019, é provável que mais usuários estarão conectados aos ciclos e a aos micro-momentos, que serão ainda mais fundamentais em 2020.

E para tirar proveito desta tendência, é preciso entender quais micro-momentos podem ser entregues pela sua empresa e, a partir daí, elaborar estratégias de comunicação que atinjam pessoas nestas situações.

 4 – Novidades nas redes sociais: otimização e adaptação

Com o grande boom de novidades em diversas redes socais, nestes últimos meses, já sentimos um grande impacto de mudança nas estratégias de marketing ainda em 2019.

Para o ano que vem, as empresas precisam reformular suas ações para que seja possível se adaptarem às novas “realidades”.

O Facebook anunciou uma mudança significativa em seu algoritmo, trazendo ao usuário mais postagens de amigos e familiares em sua timeline, ignorando conteúdos de outras páginas e marcas, o que causou uma diminuição no alcance orgânico de muitas empresas. A solução é apenas uma: reformular a estratégia de conteúdo, mantendo o foco no engajamento do público, o que consequentemente aumenta o alcance orgânico na rede social.

O Instagram, por sua vez, está apostando no IGTV, uma plataforma de vídeo externo que permite aos usuários e empresas compartilharem vídeos de até 1 hora de duração, em formato vertical, que ficarão armazenados para sempre.

Esta mudança traz uma nova possibilidade às marcas, que agora podem gerar um conteúdo mais completo e didático para seus consumidores.

5 – Influenciadores locais na Estratégia de Marketing

A utilização de influenciadores digitais, nas estratégias de marketing, segue com força total para 2020. Afinal, a ação se provou, nos últimos anos, uma medida extremamente eficaz.

Com o grande exponencial de pessoas que vêm se tornando influenciadoras digitais, o que vemos atualmente nas redes é o surgimento de nichos altamente específicos.

O público que é “fã de cinema”, por exemplo, pode ser dividido em microcosmos, com os “fãs de comédia romântica”.

Dentro deste nicho, mais divisões “fãs de Jennifer Aniston”, “fãs de Friends”, etc.

Em cada um destes grupos, é possível encontrar influenciadores que não necessariamente sejam os mesmos da categoria principal. Isso acontece tanto em áreas de consumo, como também em localizações geográficas. Muitas vezes, comunidades menores têm mais influência do que um grande influenciador digital. E se sua empresa atua de forma local (em áreas de interesse), a tendência para o ano que vem é focar em parcerias de longo prazo com influenciadores locais.

6 – Marketing de conteúdo criativo, personalizado e profundo

Esta área, que é uma das mais utilizadas, também sofre mudanças e apresenta tendências para o ano que está chegando.  O bom conteúdo, segue intacto como uma das formas mais eficientes para gerar leads e fechar negócios com o marketing digital.

A diferença é que o consumidor começa a pedir por um material que seja mais aprofundado e altamente especializado.

O que se espera, para 2020 é que os conteúdos consigam enxergar as particularidades de cada consumidor e ofereçam uma experiência completa em todos os canais, de forma personalizada.

Para que seja possível compreender os “problemas específicos” dos consumidores é preciso realizar entrevistas e análises de dados. Feito isso, é hora de montar os pontos de ativação das dores dentro da estratégia de marketing, como ebooks e outros padrões de comportamento, e então disponibilizar conteúdos personalizados para os clientes.

7 – Chatbots no atendimento ao consumidor

Neste ano, podemos ver o começo de uma nova era, que promete ficar ainda mais firme em 2020 através do uso de chatbots. Estes robôs interagem com o público de maneira que os humanos não seriam capazes, pois são mais eficazes e atendem os consumidores de forma pessoal, muitos até com personalidade própria e senso de humor.

Aplicativos de mensagem online como Messenger, WhatsApp ou WeChat, possuem mais usuários que Instagram, Twitter ou Snapchat. O próprio WhatsApp tem quase tantos usuários quanto o YouTube e o Facebook, trocando mais de 55 bilhões de mensagens diariamente.

Com um número exponencial e significativo de usuários, é praticamente impossível ficar de fora destas plataformas. E os chatbots podem ajudar e muito na hora da comunicação e do relacionamento com os clientes, dentro da plataforma, entregando serviços mais assertivos e acumulando dados específicos.

Para fazer uso dos chatbots na sua estratégia digital, é necessário é decidir se fará uso de um programa exclusivo da sua empresa ou uma das muitas opções disponíveis no mercado. Isso varia de acordo com o tamanho do orçamento para ser investido nesta ferramenta, além do nível de complexidade esperado para as interações entre o público e o chatbot.

8 – Conteúdo audiovisual e lives nas redes sociais. 

Não é de hoje que os vídeos deixaram de ser uma tendência no marketing digital e se tornaram uma realidade. Os números apontam que 72% das empresas que investiram no uso deste tipo de material, registaram um aumento significativo em suas taxas de conversão.

Uma upgrade desta ferramenta, que pode sim ser chamada de tendência para 2020 são as lives em redes sociais ou em plataformas próprias. Estas transmissões de vídeo ao vivo podem ser feitas via ferramentas como o YouTube Live, Facebook Live, Instagram Live ou plataformas como o Twitch, LiveStreaming.

Esta modalidade oferece ao consumidor um vislumbre por dentro dos bastidores de uma empresa ou de um evento, por exemplo.

Mas como usar lives na sua estratégia de marketing digital em 2020?

Pra começar, é preciso entender o efeito das lives na relação entre o público e a marca. Em seguida, é necessário observar que essas transmissões ao vivo tem um poder enorme de aproximar ambos e fortalecer a relação entre eles. Por isso, as lives são ferramentas essenciais no trabalho de branding e de fidelização dos consumidores.

O interessante deste recurso é que ele conversa com outras tendências importantes para o próximo ano, como os influenciadores locais que podem participar de uma transmissão ao vivo da marca, com o objetivo de engajar seu público nas redes sociais.

Concluindo

Já deu pra perceber que as atualizações no marketing digital para esta virada de década, exigirão muita atualização e planejamento para executar estratégias cada vez mais íntimas do público. E se você precisar de uma ajuda especial, não precisa pensar duas vezes, é só entrar em contato com a gente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Call Now Button
WhatsApp chat